Depois de lançar Camila Queiroz como cantora em seu DVD “1977”, Luan Santana, que a elogiou durante o lançamento do novo álbum, agora cogita produzir o CD da atriz, que pensa em ingressar na carreira musical.

“Claro, com certeza! Eu posso produzir isso aí, se ela quiser.”, afirmou o sertanejo ao “TV Fama”, na noite desta segunda-feira (5).

O artista também avaliou a participação da famosa, em quem deu um beijo a mando da diretora durante a gravação.

“Camila foi uma grande surpresa, não só porque não canta, mas é uma pessoa que conheço há algum tempo. Assim que chamei ela ficou superanimada e disposta a pegar todas as dicas. Essa experiência está muito evidente”, elogiou ele.

O DVD “1977” é só orgulho para Luan. Ainda no bate-papo, ele, que ocupou 37 salas de cinema para exibir os clipes, voltou a explicar que neste mesmo ano foi criado o dia internacional da mulher, em 8 de março.

“É um projeto muito especial para mim não só pelo primeiro de participações que eu faço na minha vida, mas pelo conceito que tem de homenagem às mulheres e isso vem de todo o meu coração”, acrescentou o jovem.

O cantor ainda comentou sobre as demais participações do projeto:

“Sou fã de todas! Cada uma canta a música que tem a ver com elas, se encaixou e foi lindo. Já tinha gravado com a Ivete e era fã da Sandy, mas todas são maravilhosas”, declarou.

Por: Purepeople

Publicado por Equipe PLS - Arquivado em Notícias